site responsivo

Seu site é responsivo? Saiba porque se preocupar com isso

Hoje em dia sabemos que houve uma migração drástica do uso do desktop para os dispositivos móveis. De acordo com uma pesquisa elaborada pelo IBGE, cerca de 97% dos brasileiros fazem uso dos smartphones, sendo considerado o principal meio de acesso à internet na atualidade.

No entanto, entender o comportamento do usuário é de extrema valia para seu negócio ganhar visibilidade no mercado. Por esse motivo é importante que sua empresa tenha um site responsivo e que se adapte perfeitamente às plataformas mobile.

Nesse artigo abordamos a importância de ter um site responsivo, além disso, elencamos alguns motivos que farão você enxergar a plataforma de dispositivos móveis com outros olhos.

O que é um site responsivo?

Um site responsivo nada mais é do que um site flexível, que se adapta a diferentes dispositivos móveis, sejam esses tablets ou smartphones, em variados tamanhos de tela.

Portanto, é necessário priorizar a experiência do usuário e otimizar uma página da melhor forma.

Site responsivo x versão mobile: quais as diferenças?

Embora os termos possuam similaridades, ambos são distintos. Veja quais são as diferenças entre eles:

Site responsivo: Toda e qualquer modificação feita em um site para atender de forma positiva a experiência do usuário em diferentes modelos de aparelhos móveis.

Versão mobile: Adaptação de responsividade de acesso a um determinado site apenas em aparelhos específicos.

Percebeu a diferença? No entanto, não cometa mais equívocos ao se deparar com esses dois termos novamente.

Principais motivos para ter um site responsivo

Conheça a seguir os principais motivos para você otimizar seu site:

1. Crescimento do acesso ao smartphone

Como já dito anteriormente, o celular praticamente dominou a acessibilidade aos canais online.

No entanto, isso indica que boa parte da produção de conteúdo para internet deve ser feita pensando na experiência do usuário pelo smartphone.

2. Afeta o desenvolvimento das estratégias de SEO

Em 2018, o Google começou a penalizar o rankeamento de sites caso esses não tivessem com as devidas otimizações para o celular.

Portanto, caso o seu site apresente quedas significativas de tráfego orgânico, verifique imediatamente a responsividade do site.

3. Aceleração do carregamento das páginas

Falando em rankeamento, essa é outra informação a ser considerada. Quanto mais rápida a página do site carregar, maiores as chances de estar bem posicionada nos buscadores de pesquisa.

Estima-se que o tempo médio para carregar uma página web seja em torno de um segundo, e a página inteira em no máximo dois segundos.

Para as plataformas de dispositivos móveis não é diferente, no entanto, atente-se a esse detalhe.

4. Diminuição da taxa de rejeição

A taxa de rejeição, também conhecida como Bounce Rate, significa que o usuário permaneceu pouco tempo dentro da página do site, sem desenvolver qualquer interação.

Quando o site está responsivo, dificilmente o usuário sairá da página sem executar uma ação.

No entanto, se o usuário se deparar com um site não responsivo, a probabilidade dele buscar o concorrente é relativamente maior.

5. Aumento de vendas

A área de e-commerce apresentou aumentos gradativos nos últimos anos. Atualmente muitas pessoas realizam compras utilizando apenas o celular.

Sites como Amazon e Mercado Livre conseguiram se adaptar a essa mudança rapidamente, tornando seus sites responsivos, trazendo maior facilidade para a experiência de uso do consumidor. É preciso estar atento às mudanças e adaptar-se para continuar competitivo.

Espero que tenhamos te ajudado a entender mais sobre o assunto. E não se esqueça: pense sempre na experiência de uso do usuário.

Gostaria de receber mais assuntos como esse antes de todo o mundo? Assine nossa newsletter e fique atualizado semanalmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *