lista de e-mails

Saiba porque comprar uma lista de e-mails pode afundar sua estratégia digital

Uma lista de e-mails se apresenta como uma ferramenta essencial em uma estratégia de marketing digital. Ela pode ser explorada não apenas para conquistar novas oportunidades de negócios, ou melhor, clientes, mas também para manter ou fidelizar os já existentes.

Contudo, é fato que muitas empresas preferem comprar uma lista de e-mails do que criar uma, erro que pode afundar sua estratégia de marketing digital e, assim, fazer você perder tempo e, claro, dinheiro. O uso do e-mail marketing é importante, mas somente quando essa estratégia é realizada corretamente. A seguir, saiba por que comprar uma lista de e-mails pode afundar sua estratégia digital!

Lista de e-mails comprada: um erro que você deve evitar

Antes de qualquer coisa, é importante entender o que é e-mail marketing. Então, e-mail marketing é uma estratégia de marketing digital que busca se valer de uma base de e-mails para enviar mensagens para potenciais clientes, com o objetivo de conquistá-los e, assim, de fazer com que eles comprem os produtos e/ou serviços de uma marca. Tendo isso em mente, fica mais fácil entender o motivo pelo qual não vale a pena comprar uma lista de e-mails.

Mas, e então, uma empresa, qualquer que seja o seu segmento, conta com determinados públicos. Por exemplo, o público de uma empresa como o Bobs é predominantemente composto por jovens de classe média, que têm relativo poder aquisitivo para comprar um combo. Assim, o envio de e-mail marketing para idosos (acima de 60 anos), digamos, poderá não garantir os resultados que deseja.

Tendo como base o exemplo acima, podemos entender por que é um erro comprar lista de e-mails. Numa lista comprada, podem constar inúmeras pessoas que não se encaixam no perfil do seu público, o que, na prática, faz com que perca tempo, dinheiro e energia. Além disso, o e-mail utilizado para enviar mensagens para membros dessa lista pode entrar na lista de spam, bem como receber penalidade pelos provedores, como Gmail, por exemplo.

O ideal é montar sua base de e-mails

Para que sua estratégia de e-mail marketing seja um sucesso, não há outro caminho: é preciso montar sua própria base de e-mails. Existem diversas maneiras de montar uma lista de e-mails qualificados, ou seja, de pessoas que mostraram de alguma maneira interesse em sua solução. Veja as principais:

Landing page

Uma delas, por exemplo, é criando uma landing page. Trata-se de uma página totalmente focada na conversão de visitantes em leads. Essa página solicita os dados do visitante e, em contrapartida, oferece a ele materiais ricos, como e-books, artigos, planilhas etc. É preciso pensar em um bom produto para que o potencial cliente se sinta atraído e forneça seus dados.

Newsletter

Outra forma de construir sua base de e-mails é convidando o visitante de seu blog ou site, por exemplo, a deixar seus dados, como e-mail, para receber com exclusividade ofertas, artigos, promoções, entre outras atratividades que a sua empresa possa fornecer.

Você gostou dessas dicas sobre como conquistar sua própria base de e-mails? Que bom! A boa notícia é que podemos lhe ajudar a alcançar isso de forma mais rápida. Somos uma agência de referência e podemos trabalhar juntos para que sua estratégia de e-mail marketing seja um sucesso. Clique aqui para entrar em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima