Conheça 8 dicas úteis para criar um blog de qualidade

Dentro de uma estratégia de Inbound Marketing é primordial a criação de um blog. Criar um blog permite que sejam incluídos conteúdos qualitativos, e que auxilie nas principais dúvidas da persona e no ranqueamento dos mecanismos de busca do Google.

No entanto, é primordial conhecer boas práticas no momento de desenvolvê-lo, de modo que o blog atinja o público específico, ou seja, a Persona.

Quer saber como isso pode ser feito? Nesse artigo você encontrará dicas de como criar um blog de sucesso, portanto, continue a leitura e anote dicas preciosas.

Qual a importância do blog no marketing digital?

O blog tem a intenção de resolver uma dor do potencial cliente, em que o mesmo perceba que você é uma referência no mercado de atuação, ou que tenha autoridade sobre um determinado assunto que a persona esteja procurando, de modo a levá-la ao fundo de funil (BoFu), que é o último estágio no momento de decisão, ou seja, da compra de um determinado produto ou serviço, além de permitir que os leads sejam nutridos com conteúdos relevantes.

Desse modo, se você quer alavancar um negócio digital, é essencial criar um blog que abranja o maior número de conteúdos qualitativos referente a uma determinada área de atuação do mercado, pois, na medida em que seu público aumenta, mais simples será para se posicionar como uma autoridade, como afirmamos nesse artigo sobre gatilhos mentais.

Como um blog ajuda a empresa a se posicionar no Google?

No tópico acima nos referimos algumas vezes sobre a necessidade da persona em sanar dúvidas, e o buscador mais acessado hoje em dia é o Google.

Por meio de busca de palavras-chave específicas é o momento em que ocorre o elo entre a persona e o conteúdo relevante.

Vamos dar um exemplo para isso ficar mais claro. Supondo que alguém busque por: “como começar o ano de 2019”. De acordo com nosso querido Google, aparecerão os seguintes resultados:

Como criar um blog SERP de buscas do Google

Percebe-se que em muitos dos resultados são exibidas dicas para começar bem o ano.

Em meio a essas dicas, a persona selecionará a melhor resposta para a dúvida buscada, por isso a importância de caprichar nas palavras chaves e na meta description, que é a prévia descrita logo após o Title Tag do Google.

E isso equivale para todos os segmentos mercadológicos, no entanto, foque para responder de forma completa o que seu potencial cliente procura.

Benefícios de se criar um blog

Agora que você já sabe as funções principais do blog e o quão importante é gerar valor através dele, abaixo listamos alguns benefícios que podem ser alcançados exclusivamente com a boa administração de um blog:

Gerar tráfego

É importante gerar tráfego para o site/blog para que mais pessoas conheçam o perfil do seu negócio. Portanto, poste seus conteúdos em diversos canais, a exemplo do Facebook e do Instagram.

Conversão em lead

Uma lead representa uma “oportunidade de negócio”. Mas como faço para transformar um simples visitante em uma lead? Simples. Através da criação de materiais ricos, como e-books e blogposts. Se preferir insira uma newsletter no seu blog, de forma que o visitante forneça suas principais informações de contato.

Brand Awareness

O brand awareness nada mais é do que “percepção de marca”. Na medida em que os conteúdos do blog ganham mais visibilidade, é natural que haja um público específico falando a seu respeito. Isso faz com que mais pessoas tomem consciência da sua existência em um nicho de mercado.

8 dicas fundamentais para criar um blog de qualidade

Para esse artigo ficar completo, é inevitável fornecer algumas dicas e boas práticas para te auxiliar a performar melhor nos resultados de pesquisa do Google. Vamos lá?

1. Crie um domínio agradável

De nada adianta criar um blog se o domínio dele não for simples e objetivo. O domínio de um site é aquele que é usada para identificar mais facilmente uma página, com o intuito de facilitar o usuário ao realizar algum tipo de busca.

Exemplo de um domínio bem estruturado:

Recomendamos evitar ambiguidades e nomes confusos, e escreva no formato “seudominio.com.br”

2. Escolha um CMS compatível

CMS é uma sigla para Content Management System, ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdo. Basicamente se trata de uma plataforma em que você irá gerenciar os conteúdos da melhor forma, não só isso como também deixá-lo responsivo e esteticamente mais agradável para o visitante.

Existem vários CMS disponíveis, contudo, o mais recomendado é o WordPress. Se desejar utilizar os demais, listamos alguns exemplos:

  • Wix;
  • Hostgator;
  • Joomla;
  • Blogger

3. Insira plug-ins úteis

Independente da plataforma que você escolha para inserir os conteúdos, tenha em mente que você não deve deixar alguns plug-ins de fora. Os plug-ins exercem uma função extremamente útil pois, através deles, o trabalho de quem produz artigos pode ser facilitado. Veja alguns exemplos:

Yoast SEO

O Yoast SEO serve para otimizar os mecanismos de busca dos seus artigos. Ele indica o quanto seu conteúdo está sendo relevante para com os mecanismos do Google. No entanto, se você é leigo em SEO, pesquise por tutoriais ou vídeos no YouTube sobre a usabilidade da ferramenta.

Rock Convert

O Rock Convert é um plugin que facilita o usuário no momento de inserir um banner dentro do post com o intuito de converter um visitante em uma lead.

Disqus

O Disqus serve para realizar comentários com foco em discussões, sendo bem similar a um fórum onde os usuários podem postar suas dúvidas frequentes. Recomendamos fortemente o seu uso dentro do seu blog.

Akismet Anti-Spam

O Akismet Anti-Spam tem como função deletar automaticamente usuários que estejam fazendo conteúdos impróprios na sua página. Portanto, invista nessa ferramenta para deixar o seu site/blog limpo e distante dos haters.

4. Otimize seu conteúdo para os mecanismos de busca

Acabamos de comentar sobre o Yoast SEO para otimizar o seu conteúdo. Portanto, para deixar o seu conteúdo ainda mais agradável aos olhos do Google, faça uso de boas práticas como:

  • Formatar títulos e intertítulos (heading tags H1, H2 e H3);
  • Inserir meta-description (pois interfere na decisão do usuário de ler por completo o seu artigo); 
  • Deixe o texto escaneável aos olhos do leitor (uso de negrito em partes específicas);
  • Formato em F (ou seja, coloque o artigo sempre à esquerda do blog);
  • Link Building interno e externo, de modo que seu conteúdo receba autoridade de terceiros; 
  • Conteúdos que respondam de forma completa as dúvidas da Persona

5. Adote um calendário editorial

O calendário editorial é importante, pois auxilia na elaboração dos conteúdos a serem postados no blog, seja esse um artigo ou um vídeo. Se possível, anteceda os conteúdos do seu blog para evitar entraves futuramente. Leve em consideração os horários de pico de acesso ao blog.

6. Promova de forma adequada

Ao disponibilizar o conteúdo, saiba exatamente onde publicar e qual segmentação de público terá acesso. Os anúncios pagos do Google e os impulsionamentos do Facebook Ads são bons exemplos a serem usados para promover os seus conteúdos de maneira mais otimizada possível.

7. Desenvolva uma lista de contatos

Após gerar as leads, é importante que você desenvolva uma lista de contatos e separe essa determinada lista em grupos específicos, de modo que facilite na segmentação do seu público. Ao realizar isso, perceberá a utilidade de entregar seus conteúdos para as pessoas ideais.

8. Adapte a linguagem do conteúdo do seu blog

Identifique com qual nicho de consumidores o seu mercado relaciona e estude o seu comportamento, pois somente dessa forma saberá dialogar exatamente com sua persona.

Esperamos que você tenha gostado da leitura e que este artigo lhe ajude a desenvolver um blog de qualidade.

Neste outro artigo damos dicas de como converter o seu tráfego a engajá-lo dentro do seu blog com estratégias simples, mas que fazem toda a diferença no momento de elaborar um projeto de inbound marketing.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *