Como criar conteúdos de atração para o Funil de Vendas?

Os conteúdos de atração que visam atrair seu cliente nas diferentes etapas do funil de vendas, refletem numa estratégia elaborada de transição, ou seja, de fazê-lo passar de um estágio para o outro. Por isso é importante saber adaptar o funil de marketing estrategicamente.

Aprenda a elaborar conteúdos de atração para o funil de vendas.

conteudos de atracao

O que é Funil de Vendas?

O Funil de Vendas representa simbologicamente as etapas que seu futuro cliente percorrerá ao começar aderir sua solução, ao passo que você saiba responder suas principais dúvidas.

Além disso, o Funil de Vendas é dividido em três fases:

  • Topo de Funil (ToFu)
  • Meio de Funil (MoFu)
  • Fundo de Funil (BoFu)

A metáfora do funil é bem representada, pois demostra que apenas um número ínfimo de clientes se tornarão efetivos (Fundo de Funil), enquanto a maior parte continuará sendo impactada pelos conteúdos de topo e meio de funil.

A maior parcela das visitas se concentrará no topo de funil, onde se aloca o maior volume de visitantes, sejam esses em busca de uma resposta para seus principais problemas ou não.

Topo de Funil (ToFu)

O Topo de Funil é a parte de descoberta do usuário. Seu futuro cliente por algum acaso te descobriu, e se interessou em saber mais em relação a um determinado assunto.

Portanto, o mais recomendado é desenvolver conteúdos de atração como artigos de blog e infográficos, com títulos atrativos e que despertem curiosidade.

Por exemplo, se você deseja criar conteúdos para quem é leigo em marketing digital e quer aprender como desenvolver uma estratégia, recomenda-se uso de títulos como:

“Aprenda mais sobre marketing digital”

“X dicas para se tornar um especialista em marketing digital”

“Marketing digital x publicidade tradicional: principais diferenças e vantagens”

“Introdução ao marketing digital”

“Curso completo gratuito de marketing digital”

Em momento algum nessa fase você vai explanar o perfil da sua empresa e do seu produto. A ideia nesse contexto é apenas educar o visitante e ajudá-lo a tomar decisões baseadas nos seus conteúdos.

Outros conteúdos de atração para Topo de Funil (ToFu)

Além dos conteúdos de atração anteriormente citados, você também pode optar por e-books, assinatura de newsletter ou webinars.

E-book

Um e-book nada mais é do que um livro digital que abrange um determinado assunto de maneira completa, ressaltando pontos importantes que devem ser considerados, com a função de educar e engajar o potencial cliente.

Além disso, um e-book é considerado um material valioso, pois são trabalhados nos mínimos detalhes, tanto na parte gráfica quanto na parte escrita, podendo ser reaproveitado em outros formatos, a exemplo de conteúdos auditivos e blogposts.

Assinatura de newsletter

A assinatura de newsletter permite que seu prospecto cliente se mantenha atualizado em relação ao seu blog quando, por exemplo, for publicado um novo artigo, ou quando for desenvolvida uma nova parceria, entre outros.

Webinar

Um webinar tem como principal função entrevistar pessoas que tenham uma ampla bagagem de conhecimento sobre determinado mercado a explanar o assunto.

Normalmente são transmissões feitas ao vivo (tanto pelo YouTube quanto pelo Facebook), e tem duração superior a uma hora, e gera alto engajamento, pois os usuários podem interagir através dos comentários, tirando dúvidas em relação ao tema abordado.

Dicas para desenvolver conteúdos Topo de Funil (ToFu)

Agora que você já sabe como o topo de funil pode ser explorado da melhor forma, separamos algumas dicas para ajudá-lo a desenvolver de maneira prática e eficiente.

1. Crie sua persona

As personas são muito importantes para entender o comportamento do seu cliente ideal. Ao definir uma, entenderá efetivamente suas dores e o quão disposto seu futuro cliente estará apto a comprar de você.

Caso não saiba o que é persona e como criar uma, clique aqui.

2. Resolva um problema

Se você não souber responder as dúvidas de sua persona através dos conteúdos de atração, a probabilidade dos visitantes de seu site/blog procurar o concorrente são altas. Portanto, tenha esse fator em mente no momento de criar conteúdos.

3. Nunca prometa o que não pode cumprir

O marketing num contexto geral não se baseia em mentiras, muito menos em achismos. Portanto, não se limite em inventar causas que não pode cumprir, pois isso pode influenciar diretamente na sua credibilidade a curto e longo prazo.

4. Não cite sua empresa em hipótese alguma

Na jornada de descoberta, seu futuro cliente quer apenas aprender superficialmente sobre um assunto. Logo, ele não está interessado em realizar qualquer tipo de contato.

No entanto, evite ao máximo falar sobre si no começo da jornada do funil de marketing.

5. Coloque a informação em primeiro plano

Novamente recapitulando esse tópico. Informações são essenciais para fazer sua persona passar para as próximas etapas do funil de vendas.

O marketing digital, mais precisamente falando do Inbound Marketing, significa atrair com conteúdos relevantes, e não oferecer produtos no primeiro contato, como acontece na publicidade tradicional.

Após entender detalhadamente todo esse processo, nada melhor do que colocar essas dicas em prática. O mercado digital evolui cotidianamente. Manter-se atualizado fará de você um profissional mais requisitado.

Quer entender mais sobre a jornada de compra? Leia nosso artigo e aprenda como as diferentes etapas ajudam o cliente a tomar a melhor escolha.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *