Como controlar a ansiedade com o marketing da empresa?

Como controlar a ansiedade com o marketing

Ter um espírito inquieto e voltado à busca de inovações é primordial para quem trabalha com marketing. Isso porque, nesse universo, as novidades, conceitos e comportamentos de mercado evoluem com agilidade – ainda mais num mundo superconectado. É preciso agir rápido em meio ao vasto mar de possibilidades, concorrentes e informações. Todo esse excesso exige desses profissionais a incrível habilidade de controlar a ansiedade. O mesmo vale para quem contrata os serviços deles.

Um projeto de marketing precisa de tempo para “acontecer”. Em outras palavras, para gerar frutos. Ele precisa ser muito bem planejado e ganhar maturidade ao longo do tempo. Ah e, se necessário, ser ajustado. No Marketing Digital isso fica bem visível, uma vez que os redirecionamentos de rota são um pouco mais fáceis de serem viabilizados, por conta da disponibilidade de dados em tempo real. O que não quer dizer que os resultados venham assim, num estalar de dedos.

O fácil acesso à internet e às ferramentas digitais podem causar a ilusão de que, ali, tudo acontece rapidamente. Como elas estão “à mão”, todos acham que podem encontrar as melhores soluções sem dificuldades e terem o que desejam em pouco tempo. Mas, como sabemos, não é assim que a banda toca…

Controlar a ansiedade é parte do sucesso!

Se não houver um bom entendido desse novo cenário do marketing ante à tecnologia e à vida das pessoas, de modo geral, o andamento do projeto pode se tornar bem desgastante e estressante. Seja como for, é importante falarmos sobre medidas capazes de ajudar a controlar a ansiedade com relação aos esforços da empresa e do time responsável pelo marketing.

Com a orientação e o posicionamento certos, a trilha para o sucesso se torna mais sólida e, naturalmente, mais assertiva. Veja a seguir as práticas que te ajudarão nessa jornada!

Aprofunde o conhecimento

À medida que sabemos mais sobre um assunto, mais confiantes nos tornamos com relação a ele. Muito do medo e da insegurança advêm da falta de preparo. A ansiedade acaba seguindo os mesmos passos.

Quando se domina uma disciplina ou especialidade fica claro o que tem de ser feito e como deve ser a execução. Fica claro também o tempo necessário para que os resultados comecem a aparecer. Assim, não há surpresas ou afobamentos.

Firme o seu foco

Não dá para abraçar o mundo, até porque o projeto tem um budget estabelecido e fugir dele pode significar prejuízo. O Marketing Digital, principalmente, oferece muitas possibilidades e dados disponíveis. Dessa forma, pode ser fácil se perder em meio a tanta informação. Sem um foco e objetivo bem definidos, os esforços começam a se desdobrar por caminhos incertos, que causam confusão e estresse.

Conheça outros casos

Fazer estudos de casos é excelente para ter novos insights e perceber que os desafios fazem parte do trabalho de todos. Procure entender como eles foram superados, como as ideias de solução surgiram e onde essas outras pessoas/marcas chegaram. O senso de que não estamos sozinhos gera identificação e traz tranquilidade.

Tenha momentos de descontração

Ficar “bitolado” em uma atividade não é nada bom. Provoca cansaço e aumenta a ansiedade. Oras, acompanhar o desenrolar das campanhas é importante. Mas atualizar, a cada um minuto, a tela do computador para checar os dados já é exagero.

É preciso desacelerar, respirar outros ares e ter outras experiências. Sem isso, as inspirações também não vêm. Portanto, dê uma pausa no trabalho. Vá andar de bicicleta, ir ao cinema, visitar os amigos ou praticar exercícios. Não importa. A ordem é relaxar um pouco!

Controlar a ansiedade com o marketing

(Re) afirme responsabilidades

Confira se todos estão participando devidamente do marketing e cumprindo o seu papel. É muito negativo quando uma pessoa fica sobrecarregada por assumir mais responsabilidades do que deveria.

Conforme o objetivo traçado, é preciso definir os esforços, ferramentas, responsáveis e atribuições que permitam chegar lá. Se já estiver no meio do trajeto, analise o cenário e, se preciso, redistribua funções. Esteja certo de que conta com uma equipe engajada. Assim, dá para confiar mais e ficar menos preocupado.

Eduque melhor o pessoal

Não é incomum que boa parte da ansiedade venha do desejo de atender a todas as expectativas do chefe e da empresa como um todo. Porém, muitas vezes, elas estão equivocadas.

Seja por não ter entendido bem os serviços a serem realizados, por não compreenderem o real alcance da verba disponibilizada ou pelo simples perfil apressado, o pessoal começa a demandar mais do que deveria, causando uma sensação de desconforto geral.

Em situações como essa, é possível perceber que não há um bom alinhamento com os departamentos e a diretoria. Por isso, é fundamental convocar uma nova reunião para repassar o planejamento e explicar melhor os próximos passos que serão tomados. Todos devem estar falando a mesma língua.

Bem, agora conte pra gente: quais desafios você tem enfrentado aí na sua empresa? O que tem feito para controlar a ansiedade? Deixe seu comentário!

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *